top of page

Fruits of labor (Para o seu prazer) é um projeto que olha para o espaço: qual espaço é doméstico, qual é comercial? Em que espaços vivemos? Em quais espaços apenas transitamos? Quais os espaços marcamos como significativos? Quais são os espaços que nos marcam?

Em 2018, quando artista residente na galeria SOMA, em Curitiba-PR, partilhei o espaço de residência com a artista uruguaia Silvina Rodriguez. Ambas compartilhamos um fascínio pela pintura e catalogação de marcas de supermercados. Para mim, o tema daria continuidade a pesquisa realizada no ano anterior, em cerâmica, onde criei em azulejos, a série Grass is Greener. Para Silvina, fazia parte de seu projeto Souvenir, com a criação de bugigangas turísticas improváveis, para os lugares onde visita.

 

Nosso projeto compartilhado, apelidado de Janta®, escolhido a partir do interesse comum, utilizamos absorção visual e simbologia como formas de identificar um lugar e, nos definir como somos, quando ocupando esse espaço. Mergulhamos na produção de um jantar de 12 horas. Pratos pintados foram entregues aos convidados como suporte, no qual, cada convidado, de acordo com a preferência pessoal, poderia compor uma abstração colorida intercalada com fatias de branding. Logotipos pontilham a mesa, com uma colagem visual que misturava o público e o doméstico, o perecível e o permanente, o perecível e o permanente. Os remanescentes artísticos desse jantar foram exibidos na galeria SOMA, em março de 2018 e, posteriormente, reconfigurados e instalados na Casa Viva, em São Paulo. Em julho de 2018, realizou uma performance, na galeria SOMA, Janta® II.

 

Em 2022, a galerista Malu Meyer me convidou para expandir o projeto Janta®, para a inauguração do novo espaço da galeria SOMA, a ser instalado numa casa modernista de 1962. Essa exposição individual,denominada Fruits of Labor para o seu prazer,  ocorreu de 10 de maio a 10 de agosto de 2022, com a curadoria de Renan Archer. Optamos por ocupar uma sala contígua à cozinha, com mais de 100 peças de cerâmica que, quando combinadas, nada contestam mas propõem novas questões. São como são!

É um quadro de domesticidade e vida cotidiana, apesar do gritante volume. Uma história familiar  contada na forma de uma lista de compras. É como comprar flores sabendo que chegarão convidados para o jantar.

As marcas, originalmente confinadas sob o esmalte de pratos,  migraram para frutas. Os recipientes do corpo recebem os cachos de flores de cerâmica. A grama artificial, cortada e pintada para parecer queimada, serve como toalhas de mesa e plintos. Nas paredes, placas penduradas, tal qual nas casas de nossas avós. Tudo é rotina. Tudo é conhecido. Tudo está em casa. Tudo é autobiográfico para quem partilha pedaços da mesma biografia e, tudo é autorretrato para quem partilha o mesmo sabor preferido de Cheetos.

dontyouwantmebaby_edited.jpg

COLOCAR LEGENDA

 Larissa Barddal Fantini

born in 1995 in Curitiba, Brazil

 

Education

2013-2017- Bachelor of Fine Arts, Paris College of Art; Paris, France

2022- Bachelor diploma equivalence; Universidade Federal do Paraná

2019-2020- Projeto Permanente de Desenvolvimento e Experimentação em Artes Visuais SESC Paço da Liberdade (certificate scholarship program), Curitiba, Brazil

2018- Núcleo de Artes Visuais SESI/PR (certificate scholarship program); Curitiba, Brazil

2012- Rising Star summer program, Savannah College of art and Design; Savannah, USA

2009-2013- Oil painting specialization at Atelier Veronica Cestau, Montevideo, UY

 

Solo and two person shows

2022

-DON’T YOU WANT ME BABYYY (Você não me quer beeebêêê?); curated by Marina Ramos, SOMA Galeria; Curitiba, Brazil

 

-Fruits of Labor: Para o seu Prazer; curated by Renan Archer, SOMA Galeria; Curitiba, Brazil

 

2021

-Super Bonder (sobre cadeira de fórmica); curated by Marina Ramos, Círculo Galeria; Curitiba, Brazil

 

2018

-Janta® II; SOMA Galeria; Curitiba, Brazil

-Janta® with Silvina Rodrigues; SOMA Galeria; Curitiba, Brazil

 

-Selvática with Silvina Rodrigues; curated by Miguel.Miguel.Miguel, Casa Viva; São Paulo, Brazil

 

2015

-Pillow; Konsthall C (Centrifug) with Elina Bergmark, Stockholm, Sweden

 

Group shows (Selected)

2022

-Conheça 2022 – Novos nomes das artes visuais em Curitiba; MuMA (Museu Metropolitano de Arte de Curitiba), curated by 

 Renan Archer and Thaylini Luz with artists Ana Beatriz Artigas, Dariane Martiol, Diogo Duda, Douglas Figueira Scirea, Eleonora Gomes, Érica Storer, Everton Leite, Gustavo Magalhães, Larissa Barddal Fantini, Miguel_Miguel.Miguel, Ué Prazeres, Val Gryzb, Vini Maia

-Serralhas; curated by Marina Ramos with artists Claudia Lara, Janete Anderman, Magu Bistafa, SOMA Galeria; Curitiba, Brasil

2021

-Meia Luz; apartment occupation and exhibition for 75m2

-Penumbra; virtual exhibition for 75m2

-Silence; curated by Olivia Abando, virtual exhibition for Grapevine Residency

 

2020

-Três pedras n’água para um círculo perfeito, SESC Paço da Liberdade, Curitiba, Brazil

-Community; curated by Olivia Abando, virtual exhibition for Grapevine Residency

 

2019

-Kaktai II; curated by Renata Mocellin, Galpão, Curitiba, Brasil

 

2018 

-Leilao Somatico; curated by Malu Mayer, Coletiza, Curitiba, Brazil

-Kaktai I; curated by Renata Mocellin, Galpão, Curitiba, Brazil

-these here spilt voices; curated by Slanted House, Circle 1 Gallery, Berlin, Germany

 

2017

-were speaking alone together; Galerie du Crous; Paris, France

 

2016

-Relational (Im)probability; Espace F15; Paris, France

 

2014

-Animals, hosted by Paris College of Art, Gallery 102; Paris, France

 

2012

-Screening of “desmascarada”, SCAD theater; Savannah, USA

-Rising Star, SCAD gallery; Savannah, USA

 

Teaching

2022- Lecture and workshop at SESC Paço da Liberdade

2022- Guest lecturer for Art C Curitiba

2020- Virtual Workshop for the Escolas Municipais de Curitiba

2019- Lecture and workshop at Boiler Galeria

2018- Lecture and workshop at SOMA Galeria

 

Publications

2021- present- Poetry Trapper Keeper

2021- Coping, Sand Journal Issue 23 (cover image and inside spread)

2019- Slanted House Issue #3

2018- Queer Surface(s) (Slanted House Issue #2)

2018- PRAGAESCUTA; Publication resulting from the Núcleo de Artes Visuais do SESI PR

2018- Slanted House Issue #1

 

Residencies, awards and grants

2020-2021 Grapevine Residency, London, UK

2021 Um a Um; digital short film festival curated by Dani Agapito, Curitiba, Brazil

2019-2021 Projeto Permanente de Desenvolvimento e Experimentação em Artes Visuais SESC Paço da Liberdade, granted by the special jury of the Paraná, hosted in Curitiba, Brazil

2018 Núcleo de Artes Visuais SESI/PR; selection by Ana Rocha & Beatriz Lemos, Curitiba, Brazil

2018-2019 Artist in Residence; SOMA Galeria

2013-2017 Selected four times by jury for the PCA end of year exhibition; Paris, France

2013- Rising Star finalist, Savannah College of art and Design; Savannah, USA

 

Collectives and projects

2021 present- Poetry Trapper Keeper – weekly poetry publication Co-created with poet Kelly Mullins

2020 present- 75m2 – artstic develepment platform and project Co-Created with curator Marina Ramos 

2017-2019 The Slanted House Collective – queer artists’ and writers’ project based in Berlin, Germany and Paris, France 

born in Curitiba, Brazil in 1995 but only returned to live and work in the city in 2018. In the meantime she has lived in Telêmaco Borba, PR (Brazil) , Coqueiral, ES (Brazil), Porto Seguro, BA (Brazil), Indonesia, China, Uruguay, and France. She graduated in May 2017, from Paris College of Art with a bachelors of fine arts. Larissa is an artist, writer and teacher. She has exhibited her work in Brazil, France, Germany, and Sweden. Her work encompasses politics, popular culture, themes of the domestic, and intimacy, amongst others. She is the co-creator of 75m2, an independent art platform. 

bottom of page